Notícias

23 Jun 2015

Regata comemora a fundação do Joinville Iate Clube

Categoria Notícia

Regata aniversário do JIC aconteceu no dia 13 de junho.

Com uma leve brisa soprando, 32 velejadores iniciaram a Regata Aniversário do JIC para comemorar a fundação do Joinville Iate Clube. O evento aconteceu no dia 13 de junho e marcou a quinta etapa do ranking anual de 2015. Nove barcos participaram, distribuídos em três classes de disputa.

“A regata começou com uma leve brisa soprando de Oeste. Os barcos largaram com vento de popa com a vela balão sendo utilizada”, comenta Gerson Beckert, capitão de Flotilha da Flotilha Norte Catarinense de Veleiros de Oceano (FNCVO). Conforme ele, esta vela é grande e cheia e fica na proa do barco. “Após a largada teve um princípio de chuva e o vento foi diminuindo, até praticamente parar. Na hora da regata a maré estava vazando, baixando, o que resultou em uma forte corrente na direção oposta ao ponto de chegada”, explica.

Gerson comentou que essas condições não permitiram que os barcos conseguissem vencer esta corrente e com o tempo foram desistindo gradualmente, não havendo nenhum vencedor, uma vez que nenhum barco cruzou a linha de chegada. O capitão explicou também que a pontuação das regatas segue regras estabelecidas no Estatuto. “Qualquer barco que parte e chega de uma regata e que, posteriormente não desista ou ainda, seja desclassificado, averbará pontos.  

“Em nossas regatas dividimos os barcos em quatro classes distintas, sendo a Classe Regata (adesão para qualquer TMFAA), a Classe RGS A (adesão para qualquer TMFAA), a Classe ORC e a Classe Bico de Proa”, salienta Gerson. As divisões entre barcos são definidas pelo TMFAA, que é uma medição de cada barco atribuindo-lhe um rating, para que diferentes barcos possam competir em uma mesma regata em igualdade de condições ou pelo menos diminuir o máximo possível as desigualdades entre barcos que navegam em uma mesma condição. “Este rating corrige o tempo total que cada barco levou para completar a prova, fazendo justamente uma equiparação de cada veleiro, tornando mais justa a prova”, explica. Gerson disse ainda que para participar das regatas, em algumas etapas, alguns comandantes podem levar convidados em seu barco, mas depende de disponibilidade de vagas e de cada comandante.

O capitão de flotilha aproveitou para agradecer ao Joinville Iate Clube, que é o grande mantenedor e incentivador das regatas. “O JIC fornece barcos de apoio, estadia no clube para os veleiros participantes, mesmo não sendo sócios do clube e também o pessoal da comissão de regata, que são os juízes”. Gerson também destacou a presença da Marinha do Brasil, que sempre prestigia os eventos e envia uma equipe para acompanhamento e supervisão. Após a regata o JIC ofereceu uma confraternização aos participantes e seus convidados.

O velejador João de Deus, 70 anos, disse que em uma regata tudo pode ocorrer, com excesso ou pouco vento. “Nesta regata tinha pouco vento, por isso a maré venceu e começamos a andar para trás. Exigiu bastante paciência do comandante e de toda a tripulação”, salienta. Para o aposentado que veleja desde os 14 anos é sempre um aprendizado, um novo desafio participar de regatas. João destaca também as belezas da Baía Babitonga. “Amigos meus de São Paulo quando vêm velejar aqui se impressionam, ficam maravilhados”.

Fotos Fabrizio Motta


Entre em Contato

Entre em contato conosco e chegue até nós.

Endereço

Rua Prefeito Baltazar Buschle, 2850
89228-001 - Espinheiros Joinville/SC
Latitude: S 26º17.521
Longitude: W 048º46.843

Telefones

+55 / 47 3434.1744

Redes Sociais

Mande uma Mensagem

Nos envie uma mensagem que retornaremos em breve.